Artigos
Compartilhar
‘Ficamos positivamente impressionados’, diz promotor de Justiça do Pará sobre sistema penitenciário do Espírito Santo

Uma comitiva formada por servidores do Tribunal de Justiça, do Ministério Público e da Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) do Pará visitou o sistema penitenciário do Espírito Santo nesta quinta (20) e sexta-feira (21).

“Ficamos positivamente impressionados com as atividades desenvolvidas, com o avanço tecnológico e também com a eficiência da equipe que trabalha no sistema penitenciário do Espírito Santo. Vimos cuidado e um bom tratamento com a execução penal e condições adequadas para presos e servidores”, disse o promotor de Justiça do Pará, Rodier Barata Ataíde.

Nos últimos meses, o sistema penitenciário do Espírito Santo recebeu visitas de servidores dos Estados de Goiás, Paraná, Rondônia e do Distrito Federal. Todos vieram com o objetivo de conhecer as boas práticas desenvolvidas no Estado.

A comitiva participou de uma apresentação sobre o Infopen-ES - Módulo de Movimentação Jurídico-Prisional, sistema que permite um mapeamento da população carcerária e que é integrado ao banco de dados do Tribunal de Justiça; e também visitou as instalações da Unidade de Saúde Prisional (USP) e da Central de Alvarás, ambas localizadas no Complexo Penitenciário de Viana.

O secretário de Estado da Justiça, André Garcia, recebeu a comitiva e disse estar satisfeito com a oportunidade de o Espírito Santo contribuir com os demais Estados. “Estamos felizes em recebê-los e também por termos a possibilidade de dividir com os demais Estados da federação o que está dando certo aqui. O Infopen-ES é uma sistema ágil que possibilita a customização de informações conforme a necessidade do seu usuário. Ele foi desenvolvido aqui na Secretaria e temos satisfação de disponibilizá-los para os demais Estados”, afirmou.

A comitiva era formada pelo juiz auxiliar da presidência do TJ/PA, Silvio Santos; pelo gerente do Setor de Alvarás do TJ/PA, Benjamin Lima; pelo gerente de Tecnologia da Informação, Igor Simões; pela gerente de Execução Criminal da Susipe, Waléria Albuquerque; pelo gerente de Tecnologia da Informação, Marcos Antônio Santos; e pelo promotor de Justiça, Rodier Barata Ataíde.

“Saímos daqui impressionados com o sistema de gerenciamento da população carcerária que foi desenvolvido no Espírito Santo. Este sistema deve servir de parâmetro não só para o Pará, mas também para os demais Estados. Com a publicação da Lei 12.714/12 todos os Estados deverão ter este controle e o Espírito Santo é pioneiro nesta ação. Também me impressionei com a organização e dinâmica da Central de Alvarás. Ela permite que os alvarás sejam cumpridos com rapidez, mas, sem perder a qualidade. Voltamos com o propósito de implantar este sistema em nosso Estado e de integrar os dados da Susipe, do Judiciário, do Ministério Público e da Defensoria Pública”, destacou o juiz auxiliar da presidência do TJ/PA, Silvio Santos.

 

Fonte: http://www.es.gov.br