Artigos
Compartilhar
Boletim do Magistrado 19/08/2013

Editorial Iniciativa pioneira, o Censo Nacional do Judiciário começará no próximo dia 26 em todo o País e já contará com os dados dos 30 primeiros servidores nomeados pelo Conselho Nacional de Justiça que foram aprovados em recente concurso. A tecnologia de informação que possibilitará a coleta de dados do Censo também servirá de ferramenta educacional para a realização do Curso de Mediação à Distância, bem como para o acompanhamento, pelo internauta, do cumprimento da Meta 18. Em busca da melhoria da prestação jurisdicional, os Tribunais Regionais Federais deverão julgar quase 15.500 processos que envolvem contratos do antigo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), imóveis adjudicados, empréstimos, contratos bancários e tarifas bancárias que tenham como demandadas a Caixa Econômica Federal (CEF) ou a Empresa Gestora de Ativos (Emgea). 

Boa Leitura!

 

 Tudo pronto ?

Luiz Silveira/Agência CNJ

Luiz Silveira/Agência CNJ 

Começa no dia 26 de agosto o prazo para que servidores de todo o Judiciário respondam ao Censo Nacional do Poder Judiciário, que pretende traçar um perfil dos magistrados e servidores da Justiça brasileira. Inicialmente, o questionário estará disponível apenas para os servidores. Em um segundo momento, o levantamento será feito entre os magistrados.

 

Leia Mais 15 mil a menos

Agência CNJ

Agência CNJ 

Os cinco Tribunais Regionais Federais (TRFs) brasileiros deverão promover, no segundo semestre deste ano, ao menos 15.450 audiências de conciliação em processos em trâmite na Justiça Federal e que tenham como partes a Caixa Econômica Federal (CEF) ou a Empresa Gestora de Ativos (Emgea). São processos que envolvem contratos do antigo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), imóveis adjudicados, empréstimos, contratos bancários e tarifas bancárias.

 

Leia Mais  Em tempo real 

Agência CNJ

Agência CNJ 

Os cidadãos agora já podem acompanhar a evolução dos julgamentos de ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública em tempo real. Disponível no portal do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Processômetro da Meta 18 do Judiciário, que antes era atualizado semanalmente, agora apresenta de forma automática os dados inseridos pelos tribunais brasileiros sobre o cumprimento do objetivo.

 

Leia Mais  Os 30 primeiros 

Gil Ferreira/Agência CNJ

Gilmar Ferreira/Agência CNJ 

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Joaquim Barbosa, assinou na sexta-feira (9/8) portaria que nomeia 30 candidatos aprovados no concurso público para provimento de cargos efetivos do Conselho. A portaria foi publicada terça-feira (13/8) e, em seguida, os nomeados passarão por exames admissionais, entrevista de seleção e apresentação de documentos para a posse.

 

Leia Mais Violência contra a mulher

 

Gil Ferreira/ Agência CNJ

Gil Ferreira/ Agência CNJ

O relatório final da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investigou a violência contra a mulher no Brasil sugere ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a criação de uma coordenadoria de âmbito nacional para estudar a adoção de políticas públicas na área e auxiliar os tribunais de Justiça dos estados quanto à aplicação mais eficaz da Lei n. 11.340/2006, a Lei Maria da Penha.

 

Leia Mais  Mediação à distância 

Agência CNJ

Agência CNJ

Teve início, nesta semana, o Primeiro Curso Básico de Mediação à Distância, do qual o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é o coordenador pedagógico. A finalidade do curso, de que participam duas mil pessoas dos 4.800 inscritos em todo o País, é fortalecer a cultura da mediação e utilizá-la cada vez mais como instrumento de solução de conflitos.

 

Leia Mais